INFORMES

Relatório de Desenvolvimento Humano 2010

26 de Novembro de 2010 | Editoria: INAD | Editor Responsável: Leonides Alves



Depois do fraco desempenho do PIB no primeiro trimestre do ano, a prioridade do governo agora é acelerar os investimentos. Confira o comentário de Cristiana Lôbo para o Jornal das Dez.

"O governo vai lançar nesta semana o edital para a concessão, ou melhor, para a privatização do Aeroporto do Galeão. Será no mesmo momento em que serão assinados contratos relativos aos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília.

Isso já estava nos planos do governo de melhorar a infraestrutura do país para a Copa de 2014, mas agora ganhou importância adicional: a de ampliar o investimento executando obras públicas e privadas para buscar maior crescimento da economia. As preocupações são de natureza econômica, mas também política.

Dilma quer agora acelerar os investimentos para tentar que, ao fim deste ano, o Brasil apresente um crescimento pelo menos razoável e não abaixo de 3%. Para o PT, tem também o viés político.

Nas conversas mais recentes, o ex-presidente Lula tem dito que, se a crise começar a afetar o emprego aqui no Brasil – coisa que ainda não aconteceu até agora –, os problemas políticos virão em dimensão redobrada. O ano de 2013 é o terceiro do mandato de Dilma. Um ano difícil para qualquer governante. É o ano em que os parlamentares aliados voltam ao Congresso ressentidos com eventuais derrotas nas eleições municipais. As críticas aparecem de forma mais contundente. E é quando também a oposição começa a se organizar.

Lula sabe do que está falando. Foi em 2005, exatamente no terceiro ano de seu primeiro mandato que surgiu a denúncia do mensalão. E agora ele recorda que foi a economia sua maior aliada. Naquela época, o preço dos alimentos caiu, ajudou a segurar a inflação, enquanto o poder de compra do brasileiro aumentava. E isso ajudou significativamente na sua reeleição. É o que ele quer que se repita agora: crescimento da economia destravando obras do PAC e também pela renegociação das dívidas dos estados, para segurar mais investimento. Afinal, como ele diz, com crescimento econômico os problemas políticos são mais suaves."


PDF | DOC | Email



Voltar

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014 VEJA MAIS
Endereço: Rua Leonardo Bezerra Cavalcante
672 - Recife - PE CEP: 52060-030 | Fone: (81) 3268-9644 / 3441-9478

© 2012 INAD. All Rights Reserved
Website desenvolvido pela Unu Soluções