NOTÍCIAS

OFERTA IMEDIATA DE EMPREGOS

Sexta-feira, 21 de Outubro de 2016 | Editoria: INAD | Editor Responsável: Professor Leonides Alves da Silva Filho

Professor Leonides Alves
Série Desenvolvimento – IV

As autoridades precisam globalizar as suas abordagens sobre os problemas brasileiros, procurando atuar no curto, médio e longo prazos, para que seja possível encaminhar soluções para os problemas de natureza imediata, tais como a geração de emprego e renda, o principal problema atual da população, que conta com 12 milhões de desempregados.

A prioridade para as grandes reformas, como a da previdência, tributária, financeira, política e as alterações da legislação trabalhista, são da maior importância, entretanto, no curto prazo, crescem os índices de desemprego, com aumentos sucessivos de dificuldades para as famílias.

CRIAÇÃO DE EMPREGOS COM INVESTIMENTOS REDUZIDOS

Algumas ações poderiam ser implementadas, com o mínimo de investimentos, dentre as quais, seria possível destacar: redução do custo Brasil; oferta de linhas de crédito especial para capital de giro; parcelamentos de dívidas como o Programa de Recuperação Fiscal - REFIS, em condições especiais; tratamento prioritário para médias, pequenas e micro empresas, e outras atividades da mesma natureza, sendo que em todas as medidas deveriam haver orientações e decisões para assegurar rapidez nos respectivos processos executivos.

Com relação ao custo Brasil, duas variáveis são relevantes, podendo-se citar a burocracia, como fator impeditivo da redução, pelo excesso de exigências, aumentando desnecessariamente os fluxos e rotinas, retardando a velocidade de liberação da documentação indispensável para as exportações. Ademais, a área de transportes, representa o segundo maior estrangulamento, considerando tanto o rodoviário, ferroviário, fluvial e marítimo, como também, o sistema portuário, que poderia ser significativamente melhorado, com medidas administrativas, de gestão operacional. Vale destacar que os investimentos em transportes, deveriam ser, o mínimo indispensável para melhorar o fluxo de mercadorias para os portos.

A falta de capital de giro, representa um estrangulamento para o funcionamento das empresas e no curto prazo, o maior responsável pelos índices de desemprego, principalmente, em segmentos como construção civil. Recentemente, o BNDES, lançou um Programa Especial para financiamento de capital de giro, sem dúvida muito importante, entretanto, os mecanismos operacionais precisam ser modernizados, com racionalização de fluxos e rotinas, para ganhar tempo na contratação das operações com os bancos, tanto o próprio BNDES, como os bancos operadores.

O parcelamento das dívidas é fundamental, entretanto, as autoridades precisam considerar que se está com a economia em crise, havendo necessidade de os parcelamentos terem condições especiais, não sendo aceitável, conceder financiamentos exigindo a participação das empresas com 20% de entrada, como condição para realizar o parcelamento.

As médias, pequenas e microempresas precisam ser prioritárias, porque geram empregos imediatos, principalmente em situações de dificuldades econômicas. Parece estranho que a Receita Federal, pretenda cancelar o registro de 700 mil médias, pequenas e microempresas, segundo declarações do Presidente do SEBRAE, Guilherme Afif, na CBN, por atrasos nos pagamentos, quando deveria enquadrar tais empresas em um programa de parcelamento.

VIABILIDADE DAS PROPOSIÇÕES

Os profissionais que não fazem uma abordagem global da situação Nacional, poderiam afirmar a inviabilidade das sugestões, pela falta de recursos, entretanto, esses analistas e/ou decisores, precisam considerar que a aplicação desses recursos cria um efeito multiplicador na sociedade, com aumentos imediatos de emprego e renda, contribuindo para pagamentos de taxas e impostos, com retorno dos investimentos realizados pelo Poder Público. O importante é aplicar corretamente o conceito de custo de oportunidade na utilização de recursos escassos, em segmentos que geram melhores retornos.

inad@inad.com.br






Voltar

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014 VEJA MAIS
Endereço: Rua Leonardo Bezerra Cavalcante
672 - Recife - PE CEP: 52060-030 | Fone: (81) 3268-9644 / 3441-9478

© 2012 INAD. All Rights Reserved
Website desenvolvido pela Unu Soluções